Estradas

quinta-feira, 21 de maio de 2009


Passo por estradas

vou me procurando

muito me perdendo

muito me encontrando

Ah, mas que doidice

eu por mim buscar

feito um boi rasteiro

a me ruminar

Tudo isso cabe

num alqueire de aurora

pela noite a dentro

pela vida a fora.

Passo por estradas

num cavalo alado

livre irmã do vento

puro sentimento

Sêmen prateado.

3 Comentários:

Anônimo disse...

lINDO.. AHAHA

Sucarlos disse...

Amiga do coração...gostei demais do Blog, e mais ainda desta estrada.
Pois todos nós podemos ir e vir, a sorte nossa é que a estrada sempre ficará...entao podemos voltar na hora escolhida..isto ja me deixa feliz, posso estar onde estiver meu cantinho será sempre aí.
Um abraço prá voce e toda família!
Sucarlos

Anônimo disse...

Achei todas as que li, muito lindas.
Mas, eu me identifiquei com 'Estradas'
Acho que faz parte da vida de todos nós.
Bjs, amiguinha.

Paulinho Ferreira

Postar um comentário

 
Pelo Estreito Corredor do Tempo © Copyright | Template By Mundo Blogger |