terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

O TEMPO

O TEMPO PASSOU
A VIDA MUDOU
MAS O AMOR PERMANECE
O SONHO VOOU
O CALDO ENTORNOU,
CORAÇÃO NÃO ESQUECE.

A ALMA VAGUEIA
PELA LUA CHEIA
E O CORPO ENTRISTECE.
A CALMA APARENTE,
ENTRE AMOR E MENTE,
MURMÚRIOS E PRECE.

O OLHAR SEM LAMENTO,
O ANTIGO ARREPIO,
MOLDANDO A ANSIEDADE.
DAS NOITES DE FRIO,
O QUARTO VAZIO,
AMARGA A SAUDADE

SOMBRA VIGILANTE,
SEGREDO DE AMANTES,
A ESPERANÇA ESTREMECE.
NUM CLARÃO DISTANTE
HÁ UM SOL RADIANTE,
MAS NÃO AMANHECE.

MARILIA ABDUANI

  -MÃE.

(PARA JÚLIA, NETINHA QUERIDA)

MÃE É O PORTO SEGURO,
É UM POEMA DE AMOR.
É UMA LUZ NO ESCURO,
É OBRA DO CRIADOR.

MÃE É CARINHO MAIS DOCE,
É BEIJO DE PROTEÇÃO.
MÃE, EU TE GUARDO PRA SEMPRE
DENTRO DO MEU CORAÇÃO.

MÃE É O SOL QUE AQUECE,
UMA ESTRELA A BRILHAR.
TODO O SENTIDO DA PRECE
SEMPRE A NOS ABENÇOAR.

MÃE, É A FORÇA DO MUNDO
É FRUTO, FLOR E RAIZ.
É O AMOR MAIS PROFUNDO,
É QUEM NOS FAZ TÃO FELIZ.

MARILIA ABDUANI

3)MÃE
MÃE É CANTO DE PASSARINHO ACORDANDO O DIA
É O SOM DE UMA ESPERANÇA NA MANHÃ RAIADA
É ACONCHEGO, SEGURANÇA, É AMOR E NINHO
É A CERTEZA DE UMA VIDA ,PARA SEMPRE, ABENÇOADA

É O LAÇO, O ABRAÇO, A TERNURA MANSA
É VOLTAR A SER CRIANÇA, É CANTAR O AMOR.
É A LUZ DA ESTRELA GUIA, A  ETERNA ALIANÇA
É O SENTIDO DA ALEGRIA, É O ANJO GUARDADOR.

MÃE É VENTRE DO UNIVERSO NO PULSAR DA LIDA
É SER O PRÓPRIO AMOR NO RESSOAR DA VIDA
É CARINHO VERDADEIRO, É O DOM DA CRIAÇÃO

SEJA, Ó MÃE, POR DEUS, PARA SEMPRE ILUMINADA
SEJA LUZ PARA OS MEUS PASSOS NESSA ETERNA CAMINHADA
QUE CONDUZ O  MEU DESTINO RUMO AO SEU CORAÇÃO.

MARILIA ABDUANI





    CONTRASTE
O AMOR É SILENCIOSO
A PAIXÃO É VENTANIA
UM É SOL E O OUTO É LUA
UM É NOITE E O OUTRO É O DIA.

O AMOR É CALMO E LENTO
DESARMA A ALTA TENSÃO
A PAIXÃO É O MOVIMENTO
ARMADILHA, EXPLOSÃO.

É SAGAZ A LIBERDADE
É DÁDIVA E DESAFIO
É O ALÍVIO NA SAUDADE
É O CALOR BEIJANDO O FRIO.

É LAMPEJO DE ALEGRIA
É POESIA E CANÇÃO
O AMOR É CALMARIA 
PRIMAVERA E VERÃO

O AMOR NÃO TRAZ CIÚME
É LIVRE E DEIXA VOAR
A PAIXÃO É TRAIÇOEIRA
FIO D`ÁGUA A ENFEITIÇAR.


NATUREZA



Olhando o céu que se estende
além das fronteiras do olhar
é sonho que se apresenta
é pleno pra se sonhar.
viçam por lá claras nuvens
formam desenhos e vão
cruzando o azul infinito
deixam em nós o clarão.

Olhando o mar que oferece
as águas , o amor e sal
o verde que espalha e tece
a essência mais natural.
É cio que já não cessa
presságios de tempo bom
Lavando as dores do mundo
nas ondas da imensidão.

Olhando a terra bendita
a natureza sem fim
o fruto, a raiz a semente
as flores lá no jardim.
É fácil entender a vida
Paisagem ,visão do amor
o nosso bem natural
nosso leito protetor. 

Comentários:

Postar um comentário

 
Pelo Estreito Corredor do Tempo © Copyright | Template By Mundo Blogger |